quinta-feira, 23 de julho de 2009

Não se pode defenestrá-los?

Freeport, Lusoponte, BPN, BCP, submarinos, Portucale, e agora o terminal dos contentores que vai dar um lucro porreiro (e sem risco) à Mota-Engil... Esta gente sem vergonha (aqui não distingo PS de PSD ou CDS, são perfeitamente iguais) conseguiu em 30 anos sequestrar completamente a nossa democracia em favor dos seus interesses pessoais, e literalmente "roubar" os recursos que deviam ser de todos. Não há maneira de corrê-los daqui para fora? É que se não for a bem, daqui a uns anos (quando o país colapsar - e já faltou mais) o povo deixa de ser sereno e aí vai ser mesmo a mal... E nada bonito de ver.

2 comentários:

Henrique Gomes disse...

defenestrar (francês défenestrer)
v. tr.
1. Fig. Afastar, livrar-se de alguém.
v. tr. e pron.
1. Atirar(-se) pela janela.

(In Dicionário Priberam)

Não creio que algum deles tenha a coragem de se "atirar" por uma qualquer janela... senão estaríamos no Japão! :-)

Bom fds

Pedro Gomes disse...

Podemos sempre ser nós a dar-lhes o empurrãozinho... Aliás era esse o sentido do título :)