quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Contas de merceeiro

Pela primeira vez, um partido foi condenado por financiamento ilegal. Neste caso, o PSD:

O Tribunal Constitucional divulgou hoje que decidiu multar o PSD numa coima de 35 mil euros, no caso do financiamento ilegal realizado pela Somague, nas eleições autárquicas de 2001. A este valor acrescem os 233.415 euros que o PSD recebeu de apoio indirecto daquela empresa, através do pagamento de material de campanha, e que terá de entregar ao Estado. Quanto à Somague foi condenada a pagar 600 mil euros.


Na sequência desta condenação, o Secretário-Geral Ribau Esteves anunciou a realização de uma auditoria às contas do partido, desde 2001. A realizar por uma entidade externa e independente. Desta vez é que é. As auditorias realizadas nos últimos anos pela Deloitte e a Price Waterhouse, Coopers and Lybrand, certamente não foram independentes. Resta saber quem vai pagar a conta de mais uma auditoria. Se calhar a Somague...

2 comentários:

Jonas disse...

Há algum endereço de mail que me permita contactá-lo?

Se há, não o descubro, no Blog :)

O meu mail é jonas@co.sapo.pt e gostava de responder pessoalmente à questão que deixou nos comentários do Corta-Fitas.

Este comentário pode ser apagado, ou não, consoante queira.

Pedro Gomes disse...

Pode enviar os e-mails para karnuss@gmail.com :)