sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Sarkozy o super-presidente

O Presidente Francês têm tido vários momentos menos próprios desde que assumiu a presidência o mais recente foi ser impróprio para com um transeunte numa feira com as palavras "Casse toi pauvre con" que traduzido por miúdos significa "Baza meu cretino" (con é um termo sem uma tradução exacta para português). O pior é ver o sorriso amarelo que ele mantêm durante toda a reportagem mesmo depois da gaffe.



Se quiserem existem mais umas quantas filmagens engraçadas como a da conferÊncia de imprensa do G8 em que ele compareceu bêbado depois de uma "longa conversa com o presidente russo".
Mas a parte assustadora é que ele tal como G.W. Bush foram eleitos por povos supostamente avançados...
Têm piada esta imagem que se segue é de uma personagem de uma BD, Transmetropolitan, é um candidato à presidência dos EUA que odeia a população, melhor dizendo sente um desprezo imenso por ela (será que noto alguma similaridade?):



E acabo este post com uma citação do herói dessa BD, Spider Jerusalem

"You want to know about voting. I'm here to tell you about voting. Imagine you're locked in a huge underground night-club filled with sinners, whores, freaks and unnameable things that rape pitbulls for fun. And you ain't allowed out until you all vote on what you're going to do tonight. You like to put your feet up and watch "Republican Party Reservation". They like to have sex with normal people using knives, guns, and brand new sexual organs you did not even know existed. So you vote for television, and everyone else, as far as your eye can see, votes to fuck you with switchblades. That's voting. You're welcome." (#15 pg.5)

boas noites

2 comentários:

Pedro Gomes disse...

Já está feita a correcção do vídeo e da imagem :)

De qualquer das formas, se alguém se virasse para mim e me dissesse "não me toques que me sujas", a minha reacção não seria certamente tão benevolente... Bem sei que ele é eleito como representante da nação, logo não se deve prestar a tais reacções, mas isso não desculpa o comportamento lamentável do outro cidadão.

Quanto à semelhança Bush-Smiler, é notável :)

Pedro Gomes disse...

Aliás, semelhança Sarkozy-Smiler. Gaffe minha (ou não)...